Boa tarde. 27 de Fevereiro de 2017
20°MIN. 
30°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Ministério da Saúde renova frotas do SAMU com 340 ambulâncias

Fonte: Agência Saúde | Publicado em: 09/01/2017 às 13:48
  • Compartilhe


Foto: Marco Mari/PR Atualmente, o Samu atende 76,9% da população brasileira, atuando em 3.052 municípios

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o presidente da República, Michel Temer, anunciaram nesta segunda-feira (9), em Porto Alegre (RS), a doação de 340 ambulâncias para 19 estados brasileiros. A medida tem o objetivo de qualificar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) para a população. A renovação das frotas acontecerá com base no critério de tempo de uso dos veículos com funcionamento regular, substituindo os que têm até cinco anos de circulação sem renovação. Para financiamento dessa estrutura, o Governo Federal está investindo R$ 67,6 milhões.

 

“Sabemos que saúde e educação são indispensáveis para o desenvolvimento social e, por isso, ampliamos os investimentos em 2017. Quero reforçar que a saúde está no centro das prioridades do governo”, destacou o presidente da República, Michel Temer. “Para o Rio Grande do Sul, estamos doando hoje 61 ambulâncias, que vão reforçar o atendimento do SAMU para a população. Sabemos da importância do SAMU e da renovação das frotas para um atendimento qualificado à população. Para todo o Brasil, serão 340 novas ambulâncias”, completou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

 

Do total de 340 veículos, 204 são novos e 136 são as ambulâncias que foram cedidas para operar no Rio de Janeiro, durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Dez veículos já foram doados para o estado do Rio de Janeiro, que receberá mais 37 agora (27 para o estado e 10 para municípios cariocas), conforme pactuado com o ministro Ricardo Barros.

 

Os 19 estados contemplados, com cobertura do serviço em 2.636 municípios, tiveram parte da sua frota enquadrada no critério de tempo de uso das ambulâncias. Nesses estados, a estrutura do serviço do SAMU 192 conta com 2.649 ambulâncias, sendo 2.165 básicas e 484 avançadas, além de 162 Centrais de Regulação, 185 motolâncias, três embarcações e seis aeromédicos.

 

Prioridade do ministro Ricardo Barros nos primeiros 200 dias à frente da pasta, a otimização de gastos alcançou uma eficiência econômica total no país de R$ 1,9 bilhão, possibilitando aumentar a assistência no Sistema Único de Saúde (SUS) à população. “Nossa parceria com estados e municípios tem quebrado muitos paradigmas e estamos conseguindo avançar na gestão da saúde. Com as novas medidas, está sendo possível investir mais recursos na saúde e informatizar o serviço. Transparência e informatização devem caminhar lado a lado, porque nos permite de forma clara e objetiva a fazer a gestão de uma saúde de qualidade e resolutiva”, explicou o ministro.

 

SAMU – O termo de doação das ambulâncias será publicado no Diário Oficial da União, discriminando os municípios contemplados e o prazo que os gestores terão para buscar os veículos. Caso esse tempo não seja cumprido, o Ministério da Saúde fica autorizado a fazer o remanejamento das ambulâncias para outras regiões que precisam renovar suas frotas.

 

Atualmente, o SAMU atende 76,9% da população brasileira, atuando em 3.052 municípios. Em todo o País, o Ministério da Saúde já habilitou 3.108 unidades móveis, sendo 2.525 Unidades de Suporte Básico e 583 de Suporte Avançado. Além disso, o Brasil conta com 226 Motolâncias, 13 Equipes de Embarcação e 7 Equipes Aeromédicas. Os recursos repassados pelo Ministério para custeio do serviço tiveram aumento significativo entre 2011 e 2015, passando de R$ 432,5 milhões para R$ 1,01 bilhão.

 

O objetivo do SAMU 192, que funciona 24h por dia, é socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

 

O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192. A partir do atendimento, as equipes formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas são destacados para prestar o atendimento, que pode ocorrer tanto em residências quanto em locais de trabalho e vias públicas. Também está entre as prerrogativas do SAMU 192 o atendimento telefônico de pessoas para orientações pontuais de saúde.

 

CALENDÁRIO DE DISTRIBUIÇÃO

 

UF

Quantidade
de ambulâncias

AC

10

AL

10

BA

20

GO

07

MA

06

MS

04

MT

04

PA

09

PB

18

PE

06

PI

07

PR

23

RJ

37

RN

01

RR

01

RS

61

SC

31

SP

81

TO

04

TOTAL GERAL: 340



* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!