Bom dia. 24 de Março de 2017
23°MIN. 
32°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Com demissão de comissionados e contratados aprovados no concurso pressionam prefeito por convocação

Fonte: Reportagem Primeira Hora | Publicado em: 11/01/2017 às 07:22
  • Compartilhe


Foto: rede social

O que já era esperado desde 2 de janeiro de 2017, começou a ser executado no início desta semana. A nova gestão da prefeitura de Rondonópolis iniciou a demissão de servidores empregados pelo sistema de contrato e comissão.

 

A notícia chegou rápido aos ouvidos dos aprovados no último concurso público, que foram para porta do executivo cobrar celeridade no processo de convocação.

 

Alguns dos que estão na lista temem em perder o dinheiro gasto com exames admissionais. Antes da recomendação do Ministério Público para não convocar os melhores colocados no concurso, o então prefeito Percival Muniz (PPS), convocou no dia 14 de dezembro, 357 aprovados. Parte dos convocados realizaram exames e pagaram até R$ 1.500,00.

 

O procurador geral do município, Anderson Flávio de Godoi tentou tranquilizar os manifestantes, afirmando que o executivo convocara a demanda necessária de acordo com estudos.

 

O representante do prefeito José Carlos do Pátio (SD) não estipulou data para a questão começar a ser resolvida.



* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!