Boa noite. 18 de Agosto de 2017
18°MIN. 
38°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Governo envia 81 ambulâncias para renovar a frota do SAMU em São Paulo

Fonte: Portal Brasil com Portal da Saúde | Publicado em: 11/01/2017 às 08:27
  • Compartilhe


Foto: Arquivo/Agência Brasil A medida tem como objetivo substituir as ambulâncias que têm até cinco anos de circulação sem renovação

O governo federal enviou, nesta terça-feira (10), 81 novas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), ao estado de São Paulo, para renovação da frota. Além disso, também foram liberados R$ 774,7 milhões em recursos para o local.

 

A medida tem como objetivo substituir as ambulâncias que têm até cinco anos de circulação sem renovação. A inclusão dos novos veículos qualificará o atendimento de populações de 57 municípios.

 

Do total de unidades doadas, 51 fazem parte das 204 ambulâncias adquiridas para todo o Brasil, ao custo de R$ 30,7 milhões. Outras 30 foram remanejadas do Rio de Janeiro após apoio nos jogos olímpicos e paraolímpicos, quando foram cedidos 136 veículos novos com investimento da ordem de R$ 36,9 milhões. Atualmente, o SAMU de São Paulo atende 81,29% da população e está presente em 377 municípios.

 

“As 81 ambulâncias já estão todas entregues aos municípios paulistas. Algumas já repassamos aqui e outras os gestores já buscaram na fábrica em Cajamá, onde estavam os veículos”, afirmou ministro Ricardo Barros, nesta terça-feira, durante solenidade em São Paulo.

 

Mais 19 estados brasileiros estão recebendo a doação de 340 novas ambulâncias. O critério utilizado para as substituições foi o tempo de uso dos veículos com funcionamento regular. 

 

Recursos

 

Também foram liberados, ao estado de São Paulo, R$ 774,7 milhões em recursos. Deste total, R$ 234,8 milhões são provenientes da melhora nos gastos públicos, realizada pelo Ministério da Saúde nos primeiros 200 dias de gestão do atual governo, para serviços que estavam funcionando sem a contrapartida federal. Já os outros R$ 539,6 milhões são referentes às emendas parlamentares.

 

O investimento de R$ 234,8 milhões beneficiará a população de 193 municípios paulistas. Serão contemplados serviços como Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros Especializados em Reabilitação (CERs), Atenção Domiciliar e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

 

A ação auxiliará, ainda, a subsidiar serviços hospitalares e ambulatoriais, voltados à assistência especializada e atendimento de média complexidade. Outras 28 UPAs, localizadas em 28 municípios, também serão beneficiadas.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!