Município lança construção de 560 residências no programa "Minha casa, minha vida"

Foto: Matusalem Teixeira
Fonte: Primeira Hora com Ascom/Prefeitura

Dar continuidade às políticas sociais, proporcionando dignidade e respeito à população de Rondonópolis. Com este objetivo o prefeito Ananias Martins de Souza Filho lançou o conjunto habitacional Magnólia Angélica de Araújo – Vó Dasa, que vai abrigar 560 famílias na região da Rodovia do Peixe. O residencial está em fase de construção e a entrega está prevista para acontecer no primeiro semestre de 2013.
 
Segundo o engenheiro da Pontual, empresa responsável pela execução da obra, Márcio Rodrigues de Oliveira, a obra foi dividida em duas etapas: na primeira serão feitas 250 casas; já a segunda será entregue 310 residências. “Estamos trabalhando para que as famílias escolhidas desfrutem do benefício [casas] em julho de 2.013”, comenta.
 
Ananias Filho explica que a meta é dar continuidade às políticas sociais implementadas na gestão anterior. “Vamos continuar trabalhando em prol do social, mas com políticas educacionais, de saneamento e com respeito ao cidadão. Queremos preparar a cidade para um novo tempo”.
 
HISTÓRIA
 
O nome do residencial é uma homenagem à avó do ex-prefeito Zé Carlos do Pátio. Durante o lançamento a Secretária de Promoção e Assistência Social, Neuma de Morais, esposa de Pátio, lembrou-se da figura da Vó Dasa. “Este é um momento gratificante e de muita emoção para minha família. A dona Magnólia era um referencial de vida para muitas pessoas. Nascida em Macaúba (BA) migrou-se para Rondonópolis onde criou sua família. Foi mãe de três filhos e avó de 15 netos, sendo um deles o José Carlos Junqueira de Araújo. Dona Dasa viveu por 93 anos e era um exemplo de credibilidade, inteligência e visão de vida. Estamos muito felizes por este momento”.
 
POLÍTICA HABITACIONAL
 
O secretário adjunto de Infraestrutura e Habitação, Paulo José Correia, comenta que além da construção das 560 casas do residencial Magnólia Angélica de Araújo, o setor de habitação já projeta o início das obras de 200 casas no residencial Maria José Fernandes de Souza, Dona Fiuca, onde a previsão de entrega é dezembro de 2.012.
 
Ele comenta ainda que mais 500 casas estão sendo construídas em frente ao Parque de Exposição, no residencial Bispo Dom Pedro Casaldáglia. Outras 400 estão sendo levantadas em um residencial denominando João Moraes. A meta da administração municipal é entregar 6 mil residências. “Com o lançamento desta obra já batemos nossa meta. Nos quatro anos desta gestão, 50 mil casas foram destinadas ao Mato Grosso, sendo 12% para a cidade de Rondonópolis. Isso é fruto de muito trabalho e compromisso”.


Comentários