Moto G reúne preço baixo e boa configuração

Foto: IG
Moto G chega ao Brasil com preço de R$ 649.
Fonte: IG

Lançado mundialmente hoje em evento realizado em São Paulo, o Moto G é a nova aposta da Motorola para sacudir o mercado de smartphones. O aparelho reúne uma configuração poderosa e um preço bem abaixo da média de aparelhos de sua categoria.

 

O Moto G tem tela de 4,5 polegadas com resolução HD (720p), processador Qualcomm Snapdragon 400 de quatro núcleos e roda a versão 4.3 do Android. O smartphone tem ainda câmera traseira de 5 megapixels, 1 GB de RAM e opções com 8 GB ou 16 GB de armazenamento, mas não traz entrada para cartão de memória.

 

No Brasil, o aparelho será vendido em versões com um ou dois chips de operadora por preços a partir de R$ 649 (modelo com 8 GB de armazenamento). O Moto G está disponível para compra na loja online da Motorola e em breve começará a aparecer também no varejo.

 

Em muitos aspectos, o Moto G lembra o Moto X, outro smartphone da Motorola lançado recentemente no Brasil e vendido em média por R$ 1.600. Por ser um modelo mais básico, o Moto G não tem alguns dos recursos do Moto X. A tela do Moto G é menor e o aparelho não tem suporte para redes 4G ou os sofisticados recursos de comando de voz do Moto X.

 

Android em primeiro lugar

 

Um dos diferenciais enfatizados pela Motorola no evento foi que o Moto G usa uma versão praticamente "pura" do Android. "Vários fabricantes partem do Android e mudam completamente o visual, criando novas interfaces. Além disso, eles acrescentam seus próprios aplicativos, que simplesmente duplicam aplicativos já existentes no sistema. Nós fugimos dessa estratégia", disse Punit Soni, líder da equipe de software do Moto G. Soni enfatizou que o desenvolvimento de software da Motorola no Moto G teve como objetivo complementar os recursos do Android, e não duplicar ou substituir as ferramentas do sistema.

 

KitKat e capinhas coloridas

 

Um diferencial de design do Moto G é a possibilidade de trocar a capa traseira para personalizar o aparelho com a cor predileta. Como ocorre em alguns aparelhos da linha Lumia e no iPhone 5C, o Moto G é vendido em várias opções de cores.

 

No Brasil, o Moto G será vendido também em pacotes com quatro capas coloridas (amarela limão, vermelha, branca e preta). Essa versão, chamada de Moto G Colors Edition, custa R$ 799 no modelo com dois chips de operadora e 16 GB de memória.

 

O Moto G sai de fábrica com a versão 4.3 (Jelly Bean) do Android. Mas, segundo Soni, a atualização para a versão 4.4 (KitKat) virá em janeiro do ano que vem.

 

Preço agressivo

 

Outro fator que chama a atenção é o preço do aparelho. O preço de R$ 649 é bastante agressivo quando se leva em consideração a configuração do aparelho. E a estratégia de preços vale também para outros países. Nos Estados Unidos, o Moto G será vendido por US$ 179, um preço baixo para os padrões americanos.

 


Comentários