Boa tarde. 14 de Dezembro de 2017
22°MIN. 
33°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Maluf defende mais investimentos em saúde mental

Fonte: Da Assessoria | Publicado em: 20/04/2017 às 15:41
  • Compartilhe


Foto: Helder Faria

O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) defendeu a ampliação de investimentos na área da saúde mental em Mato Grosso. A declaração foi dada durante visita da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa ao Hospital Adauto Botelho, na manhã desta quinta-feira (20). Acompanhado dos deputados Dr. Leonardo (presidente) e Allan Kardec (membro), Guilherme Maluf - vice-presidente da comissão, visitou as dependências da unidade e constatou a existência de inúmeras deficiências.

 

“Saímos daqui hoje com um objetivo: conseguir recursos para investimentos na melhoria da infraestrutura do Adauto Botelho e da qualidade dos atendimentos ofertados aos pacientes de saúde mental”, afirmou Maluf.

 

O deputado defendeu ainda que seja firmada uma parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) visando a ampliação do corpo técnico para atendimento dos pacientes e levantou a necessidade de debater uma eventual mudança de local para funcionamento do Adauto Botelho.

 

“Talvez seja possível reformar o prédio do antigo Hospital São Thomé e transformá-lo em um centro de assistência à saúde mental. Esse é um assunto que vamos debater com os demais membros da comissão. Sabemos das dificuldades que existem, mas não podemos permitir que o Adauto Botelho continue dessa maneira”, frisou.

 

A necessidade de melhorias foi reforçada pelo presidente da unidade, João Santana Botelho. “É preciso garantir melhores condições de trabalho aos profissionais e acomodações mais dignas aos pacientes. Por isso, a visita dos deputados é muito importante”, disse.

 

O Hospital Adauto Botelho foi construído em 1957 e possui 70 leitos, sendo 20 para mulheres e 50 para homens.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!