Boa noite. 21 de Novembro de 2017
22°MIN. 
28°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Fábio cobra atitude de Zé do Pátio para evitar paralisação dos servidores da educação

Fonte: Primeira Hora, com assessoria | Publicado em: 17/08/2017 às 16:49
  • Compartilhe


Foto: ilustrativa

O vereador Fábio Cardozo (PPS) cobrou, na sessão de quarta-feira (16), que o prefeito José Carlos do Pátio (SD) cumpra o que manda a lei e pague de forma integral o auxílio transporte dos profissionais da rede municipal de Educação de Rondonópolis que atuam no campo. Com isso, evite a paralização de três dias destes profissionais programada para próxima semana, entre os dias 21 e 23 de agosto (segunda e quartas-feiras), que pode deixar mais de mil crianças de oito escola da zona rural.

 

Desde fevereiro deste ano, a administração municipal reduziu o pagamento do auxílio transporte dos servidores da educação da zona rural. Passou a calcular o benefício para o custeio do deslocamento diário dos profissionais somente sobre os 21 dias trabalhados, contrariando a Lei, que fala que o valor pago deve ser de acordo com o salário base.

 

O vereador lembrou que a Lei já garante este benefício para o custeio do deslocamento diário dos profissionais do campo. No entanto, no início deste ano a atual gestão fez um entendimento diverso da lei, o que vem prejudicando um direito servidores da rede municipal de Educação que trabalham no campo.

 

“Essa é uma demanda que já foi amplamente longamente discutida e ano passado aprovada na Câmara, que são os Plano de Cargo, Carreiras e Valores – PCCVs. É um direito destes trabalhadores e, inclusive, tem uma decisão judicial para que se pague o valor integral. Então, solicitamos para que o prefeito pague conforme manda a lei e evite esta paralisação, que pode deixar na próxima semana mais de mil crianças sem aula, que é uma coisa muito complicada”, destacou.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!