Bom dia. 24 de Outubro de 2017
°MIN. 
°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Polícia Civil prende autor de roubo de R$ 100 mil em loja de celulares

Fonte: Assessoria PJC-MT | Publicado em: 23/09/2017 às 08:42
  • Compartilhe


Um dos autores do roubo de mais de R$ 100 mil em aparelhos celulares de uma loja de uma empresa de telefonia foi preso pela Polícia Judiciária Civil, nesta quinta-feira (21.09), após ser identificado nas investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG). O acusado, Bruno, 20, foi reconhecido pelas vítimas como autor do crime.

 

O assalto ocorreu na segunda-feira (18.09), na avenida Filinto Muller, em Várzea Grande. Na ocasião, dois homens entraram na empresa e disseram que queriam comprar chip de celular. Em seguida, anunciaram o assalto, rendendo clientes e funcionários.

 

Logo depois, um terceiro suspeito entrou na loja, com uma mala, onde foram colocados 115 aparelhos celulares de marcas distintas, além de objetos pessoais das vítimas. Os assaltantes agiram de forma violenta, chegando a agredir fisicamente as vítimas.

 

Desde que foram acionados para atender a ocorrência, os policiais da DERF-VG iniciaram as diligências em busca do suspeito, identificado pelas imagens do circuito interno de segurança da empresa. A partir do trabalho do Núcleo de Inteligência da delegacia, a equipe operacional chegou ao endereço na avenida Jurumirim, no bairro Campo Verde, em Cuiabá, onde conseguiu visualizar o suspeito.

 

Após o trabalho de monitoramento, os policiais abordaram o suspeito, que tinha as mesmas características da pessoa que aparecia nas imagens do circuito de segurança. As vítimas foram acionadas para que comparecessem a delegacia, tendo todas reconhecido Bruno como quem entrou na loja e anunciou o assalto.

 

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Marcel Gomes de Oliveira, as diligências estão em andamento para prender os outros suspeitos, assim como para recuperar os objetos roubados.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!