Bom dia. 24 de Outubro de 2017
°MIN. 
°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Brasileiros formados no exterior reforçam Mais Médicos em 800 municípios

Fonte: Governo do Brasil, com Ministério da Saúde e da Agência Brasil | Publicado em: 10/10/2017 às 16:40
  • Compartilhe


Foto: Cícero Oliveira/UFRN Número de médicos brasileiros aumentou 44% em menos de um ano

O programa Mais Médicos passou a contar, a partir desta semana, com cerca de 1.400 novos médicos brasileiros formados no exterior. Com esse reforço, somando também aqueles com diplomas do País, já são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total. 

 

O Ministério da Saúde pretende ampliar a participação nacional, possibilitando que a iniciativa seja mais independente. O número de médicos brasileiros participantes do Programa Mais Médicos aumentou 44% em menos de um ano.

 

São Paulo é o estado que recebe o maior número de profissionais. Serão 340 novos médicos. Na sequência dos destinos com maiores quantidades vêm Rio Grande do Sul (151), Paraná (139), Minas Gerais (129) e Bahia (117). A estimativa do Ministério da Saúde é de que cerca de 4,8 milhões de pessoas possam ser atendidas em 800 municípios pelo Brasil.

 

A meta do Ministério da Saúde é ampliar o processo de substituição, reduzindo o número de profissionais de outros países de 11,4 mil para 7,4 mil até 2019.

 

Em cidades com até 10 mil habitantes, o Mais Médicos fornece quase metade dos profissionais. Em 1.100 municípios, a atenção básica é feita exclusivamente por contratados pelo programa.

 

Preparo

 

Os novos médicos passaram, durante o mês de setembro, pelo módulo de acolhimento. Houve oficinas educacionais sobre temas diversos, como legislação referente ao Sistema Único de Saúde (SUS), protocolos clínicos de atendimento, língua portuguesa e código de ética médica.

 

Ao final, foi aplicada uma avaliação de conhecimento, indispensável para a aprovação do profissional participante.  




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!