Bom dia. 24 de Outubro de 2017
°MIN. 
°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Instituto Gerir administra emergencialmente o Hospital Regional de Rondonópolis

Fonte: Assessoria SES/MT | Publicado em: 11/10/2017 às 09:43
  • Compartilhe


Desde o dia 1º de outubro, o Instituto Gerir está administrando, emergencialmente, e pelo período de seis meses, o Hospital Regional de Rondonópolis. Por se tratar de uma situação de emergência, a contratação dos serviços da Gerir foi por meio de Dispensa de Licitação nº 030/2017, publicada no Diário Oficial do Estado do dia 06 de outubro de 2017.

 

No período de outubro deste ano até março de 2018, a Gerir vai receber do Governo do Estado o repasse mensal de R$ 4,6 milhões, o mesmo valor que era repassado para a Sociedade Beneficente São Camilo, que esteve à frente da gestão do Hospital Regional de Rondonópolis de 1º de julho de 2011 a 30 de setembro de 2017. Cabe à Gerir o gerenciamento, operacionalização e execução das ações e serviços de saúde, com apresentação de indicadores de qualidade e resultado, em regime de 24 horas, assegurando assistência universal e gratuita aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

A Gerir é uma Organização Social de Saúde com expertise em gestão hospitalar e comprovação em administração de hospitais em cinco estados, que são: em Goiás, no Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo) e Hospital de Urgência de Trindade (Hutrin); Na Paraíba, no Hospital Geral de Taperoá (HGT); no Maranhão, no Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM) e Hospital Macrorregional de Imperatriz (HMI); em Mato Grosso do Sul, no Hospital Regional Dr. José de Simone Netto (HR); e mais cinco hospitais no Estado de São Paulo.

 

“A Organização Social Gerir foi qualificada pela Secretaria de Estado de Saúde com perfil emergencial para atender temporariamente a necessidade do Estado”, informou Fátima Ticianel, secretária Executiva de Saúde. Ela explicou, ainda, que a medida foi adotada em razão de o primeiro processo licitatório realizado para contratação definitiva de uma nova gestora ter fracassado por falta de interessados.

 

“A SES/MT decidiu por essa forma de contratação para não gerar descontinuidade do serviço à população. Nesse período de seis meses a secretaria publicará novo edital de chamamento público para nova contratação, dessa vez, de forma definitiva”, destacou Ticianel.

 

O Hospital Regional de Rondonópolis tem capacidade para atender cirurgias nas especialidades de buco maxilo, infantil, geral, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinologia, plástica, proctologia, torácica, urologia, vascular. A unidade hospitalar tem Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nas especialidades de angiologia, endocrinologia, infectologia, nefrologia e neurologia. São 128 leitos ativos, 545 cirurgias por mês. A média de atendidos mensal é de mil pacientes.

 

O Hospital também é utilizado como campo de estágio e de residência médica para acadêmicos de medicina e atende a cerca de 500 mil pessoas, moradoras de 19 cidades da região Sul do Estado.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!