Bom dia. 24 de Outubro de 2017
°MIN. 
°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Vereador alerta que valores da taxa de lixo são absurdos e ilegais

Fonte: Gabriel Fagundes/Assessoria | Publicado em: 11/10/2017 às 17:45
  • Compartilhe


Foto: Assessoria

Aprovada em 2013 pelos vereadores de Rondonópolis, a taxa de lixo foi tema de debate nesta quarta-feira (11) na Câmara dos Vereadores. O início da cobrança se deve a um cumprimento de Legislação Federal de 2010, mas chegou à população com valores diferentes dos aprovados pelos vereadores há quatro anos, a diferença chega a 30%. 

 

Segundo o vereador Thiago Muniz, os valores são abusivos devido a um decreto ilegal do Prefeito Zé Carlos do Pátio. O parlamentar alerta que a atitude é antidemocrática, pois os valores foram impostos à população sem a aprovação dos vereadores.  

 

“O prefeito deveria ter mais respeito com os vereadores e o povo desta cidade. Há uma semana ele sugeriu um aumento absurdo do IPTU, reprovado por unanimidade nesta casa, e agora ele assina um decreto ilegal sobre os valores a serem cobrados na taxa de lixo, sem o consentimento dos parlamentares e onerando ainda mais o cidadão”, explica.

 

O vereador foi além, salientando que, conforme a lei, a taxa deveria ser cobrada somente em 2018, um ano após a implantação e balanço dos custos do aterro sanitário.

 

“Não estou falando que não deva existir a taxa, mas tem que ser feita de forma legal, equilibrada, para que o município não perca seu aterro sanitário (que é um avanço ambiental) e nem sobrecarregue o cidadão que não aguenta mais o abuso no que paga”, disse.   




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!