Boa noite. 21 de Novembro de 2017
22°MIN. 
28°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra assaltantes de residências na Capital

Fonte: PJC-MT | Publicado em: 19/10/2017 às 15:50
  • Compartilhe


Dois autores de roubos a residências tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, na quarta-feira (19.10). Os suspeitos eram investigados em assaltos a mão armada, praticados na companhia de outros comparsas, que também foram identificados na investigação e denunciados pelo Ministério Público Estadual.

 

O primeiro, Matheus Nicolas de Moraes Freire, 20 anos, conhecido por “Sheik”, confessou participação no roubo praticado no dia 2 de agosto de 2016, em uma residência no bairro São Francisco, região do Coxipó, na Capital. Ele teve o mandado de prisão decretado pelo crime, que foi cumprido dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE).

 

Na investigação, a Polícia Civil confirmou a participação do suspeito em três roubos, tendo sido reconhecido no terceiro roubo, pelo qual teve um mandado de prisão preventiva, que já havia sido cumprido pela Delegacia, anteriormente.

 

No roubo do dia 2 de agosto, Matheus atuou na companhia de Jhonn Kennedy de Oliveira Sousa, Andrew Kennyd Pinto de Amorim, conhecido “Anjinho”, Ewerton Paulo de Oliveira Alvarenga e Jarley Gustavo Cândido da Silva França. Todos tiveram as identidades reveladas no inquérito policial que já foi concluído pela Derf de Cuiabá, e estão denunciados pelo MPE. Nos autos, restava apenas Matheus para finalizar os trabalhos de esclarecimento de todos os autores do crime.

 

Na ocasião do assalto, três criminosos armados, mediante restrição de liberdade das vítimas, invadiram a residência no bairro São Francisco e com ameaça aos moradores, durante duas horas, roubaram eletrônicos, roupas, relógio, jóias, um veículo Vectra e uma motocicleta.

 

Uma das vítimas relatou que os bandidos usaram de crueldade dizendo a todo o momento que iria “meter uma bala em sua cabeça”. Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu o envolvimento de outros criminosos que atuaram do lado de fora, em apoio o trio de assaltantes.

 

O segundo preso, Andrews Marques Queiroz, 22, conhecido por “Truta”, foi reconhecido por meio fotográfico e  presencial pelas vítimas do roubo praticado por volta das 5 horas do dia 28 de março de 2017, no bairro CPA II, setor IV. Quando dos reconhecimentos, Andrews já se encontrava preso e teve o mandado de prisão expedido posteriormente. Ele também fazia uso de nome falso e está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE).

 

O roubo foi praticado por dois criminosos armados. Com restrição de liberdade das vítimas,  os bandidos subtraíram televisores, celulares e relógios. Aos fundos da casa das vítimas funciona uma Padaria, por onde os bandidos entraram, quando o proprietário se preparava para assar pães. Ele foi surpreendido e na sequência os bandidos entraram na casa, onde a esposa e os dois filhos foram rendidos. Os bandidos exigiam dinheiro e ameaçaram todos de morte caso não entregassem.

 

Os criminosos roubaram dois televisores, celulares, um relógio e um cheque. As vítimas tiveram prejuízo da ordem de R$ 8 mil. Para fugir, os assaltantes usaram o  veículo Fiat Ducato da família, que foi encontrado no mesmo dia por volta das 06h30,  próximo a uma mecânica no bairro Dr. Fábio.

 

“Como se observa, o intuito principal do núcleo de repressão ao roubo a residência é a apuração do completo rol de autores, e, a exemplo, no primeiro caso acima, identificou todos os seis envolvidos, incluindo um menor de 16 anos”, disse o delegado Caio Fernando Álvares de Albuquerque.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!