Bom dia. 19 de Novembro de 2017
22°MIN. 
28°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


UTI pediátrica de Rondonópolis fecha as portas devido à falta de repasse do Estado

Fonte: Gabriel Fagundes/Primeira Hora | Publicado em: 07/11/2017 às 17:09
  • Compartilhe


Foto: Primeira Hora

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (07), a direção da Santa Casa de Rondonópolis anunciou o cancelamento por tempo indeterminado dos atendimentos na UTI pediátrica devido à falta de repasses pelo Governo do Estado.  A UTI fecha as portas após um ano e dois meses de inauguração. 

 

O vereador Thiago Muniz (PPS) já havia denunciado que desde á última quarta-feira (01) não estavam sendo mais realizados atendimentos no local.

 

Segundo a direção essa é uma decisão catastrófica. Inclusive, os profissionais que trabalhavam na UTI não estão mais na cidade e já conseguiram se realocar em outros hospitais. “Caso reativássemos amanhã a UTI, nós já não teríamos mais esses profissionais à disposição. Quanto mais tempo se passar para resolver está situação, pior será para reestruturamos o serviço”, alertou.

 

De acordo com o vice-diretor presidente da Santa Casa Rondonópolis, o cirurgião bucomaxilo, Kemper Carlos Pereira, após muitas tentativas e pedidos, os gestores públicos não deram outra alternativa.

 

“Importante ressaltar que nosso corpo clínico tem feito esforços inadmissíveis a qualquer outro trabalhador para que não chegássemos a esta situação, mas quem fica sem receber quatro meses e, pior, repetindo essa situação sistematicamente? Em relação à Secretaria Estadual de Saúde, nos não temos acesso nem voz com o atual secretário e seus servidores. Nunca vi algo igual nestes quatro anos à frente da Santa Casa no Conselho Diretor, um absurdo de indignar qualquer cidadão”, desabafou. 

 

Há duas crianças internadas no local, e segundo a direção do hospital será realizada uma busca por vagas em outras cidades para que elas sejam devidamente realocadas. 


Foto: Primeira Hora



* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!