Bom dia. 19 de Novembro de 2017
22°MIN. 
28°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Aplicativo vai disponibilizar informações para assegurar saúde do rebanho

Fonte: Governo do Brasil, com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento | Publicado em: 14/11/2017 às 11:12
  • Compartilhe


Foto: Arquivo/Seapa Novo aplicativo ajuda na ação rápida para assegurar saúde de rebanhos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lança, no começo do mês de dezembro, o aplicativo Saúde Animal, para fornecer dados a autoridades, criadores e veterinários sobre a saúde de rebanhos do País.

 

Com a ferramenta, os criadores poderão enviar notificações às autoridades sanitárias sobre ocorrências de doenças ou focos no rebanho. O aplicativo também vai reunir informações, manuais e códigos sanitários do Brasil e da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

 

De acordo com o Mapa, o app deverá ser utilizado por 1 milhão de usuários, com base nas estimativas atualizadas de que há no País, aproximadamente, 5 milhões de propriedades rurais.

 

Segundo o diretor do Departamento de Saúde Animal (DAS) do Ministério, Guilherme Marques, a ferramenta traz agilidade, acesso fácil e rápido à informação, interatividade e soluções colaborativas. “O uso do aplicativo permitirá ação rápida e dirigida, favorecendo a sanidade e a segurança dos rebanhos”, complementou.

 

Atendimento virtual

 

Desenvolvido em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), o aplicativo é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS e dispõe de atendimento virtual para responder a perguntas dos usuários em português, inglês e espanhol, em áudio e texto.

 

O lançamento do Saúde Animal será durante o Encontro Nacional de Defesa Sanitária Animal (Endesa), que ocorrerá, entre os dias 4 e 8 de dezembro, em Belém do Pará.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!