Boa noite. 12 de Dezembro de 2017
27°MIN. 
33°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter


Profissionais podem se inscrever até terça-feira no programa Mais Médicos

Fonte: Agência Brasil | Publicado em: 05/12/2017 às 10:11
  • Compartilhe


Foto: Agencia Brasil

Os médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no país poderão se inscrever na nova etapa do programa Mais Médicos até às 18h desta terça-feira (5), por meio do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP) no site do Mais Médicos.

 

O novo edital para o programa foi reaberto nesta segunda-feira (4) pelo Ministério da Saúde em razão de um erro na divulgação do prazo limite para a adesão dos profissionais que era 30 de novembro, mas constava como 1º de dezembro na divulgação do site do programa Mais Médicos.

 

O profissional interessado em participar, inclusive aqueles cuja inscrição não foi finalizada no período inicial, poderão acessar o SGP e submeter-se à chamada pública, observando as regras estabelecidas no edital. Caso o profissional já esteja com a  inscrição validada poderá escolher até quatro cidades de preferência e concorrer às vagas, de acordo com critérios de classificação e demais normas do edital.

 

A publicação do número de vagas e municípios está prevista para 8 de dezembro, junto à relação de profissionais com inscrição validada nesta primeira fase. Estes poderão indicar municípios de interesse entre os dias 11 e 12 de dezembro.

 

Após o resultado da alocação, os médicos deverão confirmar o interesse nas vagas. A partir da segunda semana de janeiro de 2018 está prevista a apresentação dos profissionais nos municípios para homologação e início das atividades.

 

Do total de médicos participantes do programa atualmente, 47,1% são profissionais da cooperação com a Organização Pan-America de Saúde (Opas), 45,6% brasileiros formados no Brasil ou no exterior e 4,16% são intercambistas estrangeiros. Cerca de 63 milhões de brasileiros recebem atendimento pelos profissionais do Mais Médicos.




* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!