Boa noite. 23 de Abril de 2018
20°MIN. 
33°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter
  • :
  • :


Trazendo otimismo moderado, emplacamentos sobem 16%

Fonte: Da Assessoria | Publicado em: 06/04/2018 às 14:16
  • Compartilhe


Os licenciamentos de veículos, na soma de todos os segmentos (automóveis e comerciais leves, caminhões e ônibus, motos, implementos rodoviários e outros), fecharam o mês de março com alta de 16,43%. Neste terceiro mês, os emplacamentos somaram 7.440 unidades contra 6.390 unidades em fevereiro.

 

No comparativo com março do ano passado, quando se emplacou 6.585 veículos, o crescimento foi de 12,98%. No acumulado do ano, quando se compara os três primeiros meses de 2018 com os três primeiros meses de 2017, o crescimento foi de 24,91%.O total deste ano,  somando-se janeiro, fevereiro e março, alcança 20.936 unidades contra 16.761 no ano passado.

 

O diretor regional da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Paulo Boscolo avalia, avalia que, embora os números estimulem o otimismo nos concessionários, a avaliação deve ser cautelosa. “Os números do setor e os índices econômicos corroboram para a impressão de que o setor está em rota de recuperação, lenta, mas sem oscilações para baixo. Mas é preciso considerar que tivemos mais de três anos de queda nas vendas e que os números atuais ainda não conseguiram cobrir o espaço que ficou para trás. Além disso, em março tivemos mais dias trabalhados e não podemos esquecer de que é um ano de eleições e de Copa do Mundo, eventos que afetam o comércio”, Boscolo.

 

Caminhões

 

O segmento de caminhões no mercado mato-grossense no mês de março teve crescimento de 6,85% em comparação com fevereiro. Na comparação entre março de março de 2018 e  o mesmo mês de 2017, o crescimento é de 60,27%. Já na comparação do acumulado de janeiro a março de 2018 ao mesmo período de 2017, o crescimento é de 95,78%. 



Na avaliação de Carlos Melnec, o diretor-executivo da Auto Sueco Centro-Oeste, Carlos Melnec, avalia que este crescimento reflete a mudança do clima de confiança e um novo ciclo econômico. “Diferente do que vivemos nos últimos três anos, mas deve ser comemorado com muita moderação, pois a base de comparação é baixa e o crescimento é reflexo da renovação de frotas que estavam reprimidas nos últimos anos”, pontua.

 

Automóveis e comerciais leves

 

O segmento mais movimentado das vendas de veículos, o de automóveis e comerciais leves, cresceu 20,45%em março com a venda de 3.611 unidades. Em fevereiro vendeu-se 2.998 unidades. 

 

Motos

 

Em março, no mercado de duas rodas, foram vendidas 3.095 unidades, contra 2.748 em fevereiro, uma alta de 12,63%.





* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!