Boa noite. 20 de Abril de 2018
21°MIN. 
30°MÁX.
RONDONÓPOLIS - MT
  • Curta no Facebook
  • Siga no Instagram
  • Siga no Twitter
  • :
  • :


A Drª Walkyria Vilas Boas Fernandes, é Fisioterapeuta há 14 anos, com formação internacional em Osteopatia pela Escuela de Osteopatía de Madrid; especialista em Ortopedia e Traumatologia; docente do Curso de Medicina da UFMT; Mestre em Tecnologia em Saúde e Doutoranda em Ciências da Reabilitação com doutorado sanduíche realizado na Espanha. Possui formação em RPG, Pilates, Mobilização Neural, Terapia Cranio Sacral, Nova Medicina Germânica, dentre outros.


Um estudo publicado em 2017 na revista Pain Physician mostrou que 66,66% das hérnias de disco podem sofrer reabsorção espontânea, ou seja, desaparecer sem cirurgia em um prazo de até 2 anos. Nesse estudo foi utilizado a ressonância magnética e a tomografia para confirmarem que a hérnia de disco realmente foi reabsorvida.

 

Os pacientes que participaram do estudos optaram por fazerem o tratamento conservador (sem cirurgia) e ficaram impressionados quando refizeram o exame de ressonância magnética após 2 anos e não tinham mais o problema.

 

Com isso os pesquisadores garantem que o tratamento conservador (sem cirurgia) deve ser a primeira escolha do paciente. Com esse tratamento pode-se diminuir as complicações causadas pela hérnia de disco, reduzir a intensidade da dor e também aumentar a qualidade de vida.

 

Então se você tem um diagnóstico de hérnia de disco, busque um tratamento com um fisioterapeuta especialista no assunto, pois você tem grandes chances de não precisar se submeter a uma cirurgia.

 

Dra. Walkyria Fernandes

CREFITO 9/74093

Fisioterapeuta Osteopata

Referência: Zhong M1, Liu JT2, Jiang H2, Mo W3, Yu PF2, Li XC2, Xue RR3. Incidence of Spontaneous Resorption of Lumbar Disc Herniation: A Meta-Analysis. Pain Physician. 2017 Jan-Feb;20(1):E45-E52.

 


* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!